5 maneiras de dominarmos a arte de “bem usar veludo” nesta estação

5 maneiras de dominarmos a arte de “bem usar veludo” nesta estação
5 maneiras de dominarmos a arte de "bem usar veludo" nesta estação

Lembram-se daquelas peças de veludo que tinham estado arrumadas e bem escondidas no fundo da gaveta da cómoda do quarto da nossa mãe, em casa dos nossos pais?!?!

RESSUSCITEM-NAS! 

Veludo está cá para amaciar o nosso style e dar aquela extra fluffiness às nossas vidas. 

Eu já aqui tinha dito e, ainda mais publicamente, no programa “Tesouras & Tesouros” da SIC Caras, quando fui comentar as farpelas dos famosos a quando da festa de Verão da SIC, quando vislumbrei as pantalonas de Cláudia Vieira em veludo verde garrafa ia morrendo de amores. 

Já tinha andado, no final da colecção passada de Primavera, a namorar umas calças verdes de veludo da H&M e estive a uma unha negra de as comprar… Ppppfffff (odeio ser pobre)… Já estava a prever o verdadeiro comeback estilístico e agora não há volta a dar – quem não tiver uma peça de roupa de veludo nesta estação não é ninguém. 

Ok, estou a exagerar um bocadinho, mas vocês perceberam o feeling, right?

Agora, coisas importantes, não se ponham dos pés à cabeça em veludo. That’s just wierd.  A minha proposta recai sobre 5 maneiras diferentes de usarmos uma peça de roupa de veludo. Apostamos os nossos cavalinhos todos apenas numa peça. Balé?! 

Assim sendo, divemos com estas inspirações:

O CASACO

5 maneiras de dominarmos a arte de "bem usar veludo" nesta estação
O VESTIDO

5 maneiras de dominarmos a arte de "bem usar veludo" nesta estação

O FATO

5 maneiras de dominarmos a arte de "bem usar veludo" nesta estação

AS CALÇAS

5 maneiras de dominarmos a arte de "bem usar veludo" nesta estação
O TOP
5 maneiras de dominarmos a arte de "bem usar veludo" nesta estação
Seguir:
Marta Neves
Marta Neves

Encontrei no universo feminino a minha missão: partilhar, aprender e ajudar. Nasceu o Marta Neves, para me sentir mais eu, mais em sintonia com a minha essência. Despida de formalismos ou preconceitos, serei EU. A mulher. Apaixonada de coração pela vida e pelos outros.

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.