Começar a manhã a “Levar no Pacote”

Começar a manhã a “Levar no Pacote”
Começar a manhã a "Levar no Pacote"

Ai ai ai, essas mentes perversas e sujas.
Do que é que acham que eu estou a falar?!
Da ROSINHA, meus amigos!! DA ROSINHA! Esse grande fenómeno da música Popular Portuguesa. A cantora do acordeão, arraçada de Stevie Wonder (só porque tem sempre as suas gafas de sol) que alegra multidões com os seus bailes picantes. E não! Esta não é uma sinopse de um filme para adultos é apenas um relato, mais ou menos fiel, do que acabei de ver na televisão.

Estava a fazer um zapping matinal quando passo pela TVI e dou de caras com o “Mini-Concerto da Rosinha” no Você na TV. Em estúdio, toda uma banda, bailarinetes em folhos exibindo movimentos de bailarico-sincronizado, em mini-trajes. Um mimo visual.
Rosinha, a própria, em pandant com suas baionetes, com os inconfundíveis óculos à lá Elisabeth Taylor do Montijo a cantar poesia do povo. Priceless.

Goucha e Cristina riam como se não houvesse amanhã. E as conversas que entremeavam os temas musicais foram simplesmente G.E.N.I.A.I.S. Não consigo reproduzi-las na totalidade porque, eu própria, estava a chorar a rir, mas a senhora é uma personagem do melhor. Todo o sucesso que a Rosa Maria tem está agora devidamente justificado. Rosinha esgalha no mic.

Ficou-me na retina e no pavilhão auricular as seguintes frases avulsas, num discurso atropelado por muitas gargalhadas conjuntas. Bom (estalo de língua)… Confidencia Rosinha quando questionada sobre a origem desta sua “persona” e da sua vida artística: “Bem, quando o meu pai começou a dar assim para a pinga eu e a minha mãe ficámos com a boca no pipo e a mão no buraco. Tive que arregaçar mangas e fazer-me à vida”, porque o “Meu Amor quer é Fruta”.
A minha vida mudou quando “Levei no Pacote”, mas agora “Chupo” (e começa a cantarolar) “Ai eu chupo, ai eu chupo, eu chupo e no fim fico com o pau a brincar”. E para finalizar “em bom” refere, que neste momento “Na minha panela não entra”.
Rosinha, OBRIGADA! Não tens noção de como animaste o meu dia. Minha poeta do vernáculo.

Mas o espectáculo acabou com o melhor. Rosinha dirige-se ao Goucha e à Tininha com dois pacotes na mão (tãoooo criativaaaaaaa) para lhes oferecer.
Eles recebem o presente já a rir. Desembrulham (atenção a essas mentes) e retiram do seu interior, cada um, uma t shirt. Começam a rir os dois. Exibem o conteúdo onde podia ler-se na t shirt da Cristina “Eu Levo no Pacote” e na do Goucha “Eu Seguro no Pincel”.

Prontamente, entre risos histéricos nas bancadas, Goucha pega na t shirt da Cristina e com toda a força troca a dela pela dela e a dele pela dela proferindo a pérola do dia: “Eu é que Levo no Pacote”!!!!!! Ta tum Tshhhhhh (Onomatopeia do som de uma bateria)!!!!
Se isto não é a televisão no seu melhor não sei o que será.
CLAP CLAP CLAP!!!! AMEI! Ainda estou a secar as lágrimas.

Seguir:
Marta Neves
Marta Neves

Encontrei no universo feminino a minha missão: partilhar, aprender e ajudar. Nasceu o Marta Neves, para me sentir mais eu, mais em sintonia com a minha essência. Despida de formalismos ou preconceitos, serei EU. A mulher. Apaixonada de coração pela vida e pelos outros.

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.