Crónica “New in Town”: Instagram “tá tranquilo…” não está nada “favorável”!

Crónica “New in Town”: Instagram “tá tranquilo…” não está nada “favorável”!
Crónica "New in Town": Instagram "tá tranquilo..." não está nada "favorável"!

Lucas Lucco e MC Bin Laden não mentem! “Tá Tranquilo. Tá…” OPS!!! Nãooooooooooooooo! Não está nada favorável! Sabem porquê? Porque estão a mudar a minha rede social preferida de sempre – o INSTRAGRAM!

Buáaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa (Emojis a chorar copiosamente)

Ontem fomos inundados por um feed de Instagram exaltado, amedrontado, receoso, tudo à caça do like e da subscrição, apenas com uma mensagem “o Instagram vai mudar…bek bek bek… para me continuarem a seguir só têm que activar as notificações”.

Crónica "New in Town": Instagram "tá tranquilo..." não está nada "favorável"!

Quando vi isto a ser partilhado por quase toda a alminha que sigo no Instagram pensei “uuuuuuhhh, tenho que activar as notificações JÁ”! MAIS! Tenho que pedir às pessoas que seguem o Insta do blogue para activarem também. 

Assim o fiz… passado 5 MINUTOS começa o meu telemóvel “bip bip”, “fon fon”, “tá tá”, “fu fu” apitava por tudo e por nada. Porquê? Porque a Fulano, o Sicrano e o Beltrano tinham acabado de postar uma fotografia. WHAT?!?!? Antevi o meu pânico geral daqui a duas horas, com o telemóvel a bombar nos apitos non-stop, e pensei “Naaaaahhhh isto não pode ser assim!”. Foi quando fui pesquisar um bocadinho melhor e comecei a perceber que afinal tudo não tinha passado de uma informação viral muito mal contada. Bem-vindos ao mundo das redes sociais e da paranóia massificada! 

Mas o que é que está a acontecer, perguntam vocês confusos e incrédulos!?

Então imaginemos que vocês activaram as notificações de, vá, pelo menos 10 pessoas (a vossa mãe, a vossa melhor amiga, a blogger que seguem, um site de celebridades e uma revista, por exemplo), agora imaginem que essas pessoas postam pelo menos 3 fotografias por dia, estamos a falar de um mínimo de 30 apitos diário. Mínimooooooo! A vossa vida ia transformar-se num inferno e iam querer deitar fora o telemóvel em 4, 3, 2,… P-Â-N-I-C-O!!

Mas isto está mesmo a acontecer? Só vamos passar a receber as fotografias das pessoas a quem activarmos as notificações? NÃO! Na-na-nim-na-não!

Há mais de 10 dias que o Instagram passou a colocar as fotos no feed não pela ordem cronológica de postagem, como era normal, mas sim pela ordem de relevância que tem para nós, enquanto seguidores daquela pessoa. Ou seja, a mecânica é exactamente a mesma que a do Facebook. Porque? Porque o Livro-das-Caras comprou o Instagram e agora está a tentar colocar o mesmo algoritmo de busca no Insta. Pumbas! Acabou-se a papa doce da democratização das fotografias.

Bem, o que é que isto altera na nossa vida de Instagramers? Ao invés de entrar no nosso feed as últimas fotografias, por ordem cronológica, de TODAS as pessoas que seguimos no Insta, vamos começar a ver as fotografias de pessoas ou marcas com quem interagimos mais, que damos mais likes, que partilhamos, ou que comentamos. 

Agora pergunta vocês “mas porque é que isto está a acontecer”? Porque o Instagram, seguindo a mesma lógica comercial do Facebook quer, acima de tudo, facturar. Ou seja, a partir de agora vamos ver cada vez menos postagens de todas as pessoas que democraticamente tínhamos decidido seguir e cada vez mais anúncios (sponsored content) das marcas e pessoas que nunca vimos ou seguimos na vida. Sim… isto vai acontecer. Infelizmente…

Esta mudança é feita para que tanto o Insta quanto o Facebook as pessoas/ criadores/ marcas PAGUEM para aparecer nos feeds alheios, gerarem lucro e tornarem estas empresas cada vez mais bilionárias. Ponto. 

E qual é que é o problema? Nenhum! Nada de nada! Só fiquei menos “favorável” porque o Insta era uma rede social tão fixe, com fotografias bonitas, gente gira, partilha de coisas engraçadas, ainda com alguma ingenuidade, onde queríamos apenas ver os “bonecos” e a vida dos nossos amigos, dos nossos familiares, das pessoas que admiramos, ou que nos inspiram, sem filtros, nem estratégias comerciais e agora… agora vamos ser obrigados a ver um anúncio a cada cinco fotos de pessoas que, muitas vezes, nem sequer conhecemos na nossa timeline. Tá tranquilo? Não, não está nada favorável!

O que podemos fazer? N-A-D-A! Infelizmente nada. É assim. Foi assim que ditaram a evolução desta rede social e assim será.

O que vai acontecer? O mesmo que o Facebook. As pessoas vão começar a procurar outras redes sociais que tenham menos filtro, menos intervenção comercial e mais abertura para com os interlocutores sem intermediários. Na minha opinião, quem está a esfregar as mãozinhas é o Snapchat e o Youtube. Just saying… Penso que é para aí que as pessoas se vão virar à procura de autenticidade.

Por isso, vou já fazer aqui a minha publi, podem sempre seguir-me no Snapchat e no Youtube em The Coolunista, que pelo menos aí sabem que sou eu e que o conteúdo será sempre meu! Ariops!

E vocês o que acham?! Está tranquilo ou está favorável?!
Enquanto reflectem sobre esta grande questão universal deixo-vos com o meu amigo MC Bin Laden. Música boa para pensar 🙂

Seguir:
Marta Neves
Marta Neves

Encontrei no universo feminino a minha missão: partilhar, aprender e ajudar. Nasceu o Marta Neves, para me sentir mais eu, mais em sintonia com a minha essência. Despida de formalismos ou preconceitos, serei EU. A mulher. Apaixonada de coração pela vida e pelos outros.

Share:

3 Comments

  1. Março, 2016 / 5:43 pm

    eu aviseeeeeei. o inferno! nem me mexi porque tava a ver o salsifré que aí vinha!

  2. Abril, 2016 / 4:59 pm

    Fogo é verdade!
    Concordo plenamente contigo,com isso tudo quem lambe os beiços é o Snapchat!! hehehhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.