Gossip news: Chrissy Teigen e John Legend estão grávidos!

Gossip news: Chrissy Teigen e John Legend estão grávidos!
Gossip news: Chrissy Teigen e John Legend estão grávidos!

Oooohhhhhhhhhh!!! <3 <3
Congratulations!
Foi assim que Chrissy Teigen e Jonh Legend anunciaram no Instagram e para mundo que estavam grávidos!

Como é óbvio, não os conheço de lado nenhum (como devem calcular), nem sou amiga intima do casal, mas sou fã da música de John Legend e sou super, super, super fã da mulher dele a Chrissy. Sigo-a no Instagram, que deve ser dos mais divertidos e geniais out there. Amo vê-la a co-apresentar o Sync Battle e acho que a miúda é linda de morte, cheia de estilo e com imenso talento para dar e vender (diz que se safa bem na cozinha e tudo).

Agora perguntam vocês: mas porque raio é que ela está aqui a partilhar esta noticia connosco se há milhentas pessoas no mundo a ficarem grávidas a cada segundo? Boa pergunta, fofuchos!

Porque esta era uma batalha de há muito tempo para este casalinho-maravilha. Desde o momento em que se casaram, sempre manifestaram uma grande vontade em alargar a família e ter logo filhos, mas o destino trocou-lhes as voltas e o processo foi tudo menos pacífico.

Sei disto porque Chrissy nunca se coibiu de partilhar este desaire com a comunicação social e foi bandeira, durante alguns anos, nesta grande e complexa esfera que é a infertilidade e a dificuldade em engravidar. Aplaudo-a por isso. Por ter querido dar a cara e falar sobre um tema que ainda é apenas sussurrado em grupos de amigas, em família nuclear, em consultório médico.

Há medida que vou conhecendo cada vez mais pessoas, mais mulheres, que em idade adulta, a partir dos 30 anos começam a pensar em ser mães, cada vez me apercebo mais de que este percurso não é assim tão fácil.
Fala-se em voz alta dos casos felizes, das tentativas certeiras, mas foca-se pouco esta questão: Nem sempre é assim tão fácil. Nem sempre é à primeira. Nem sempre acontece como e quando gostaríamos. Aliás, diz-me a minha rede de contactos que as primeiras tentativas é que são excepção. Normalmente demora tempo, bastante.

E este é um tema que gosto particularmente de debater porque me questiono como será quando chegar a minha vez de jogar na roda do destino… Será logo? Não será? Teremos problemas? Será pacífico? Seremos compatíveis ou teremos algum problema?

Este post é para todas as mulheres, para todos os casais, que não desistiram, que lutam todos os dias, todos os meses e todos os anos para conseguirem concretizar-se no maior milagre de sempre.
Não desistam! Há histórias felizes e é nessas que temos que acreditar. A infertilidade existe e a dificuldade em engravidar também, mas não tem que ser um bicho-papão, nem um tabu. Falar às vezes é parte da solução.

Seguir:
Marta Neves
Marta Neves

Encontrei no universo feminino a minha missão: partilhar, aprender e ajudar. Nasceu o Marta Neves, para me sentir mais eu, mais em sintonia com a minha essência. Despida de formalismos ou preconceitos, serei EU. A mulher. Apaixonada de coração pela vida e pelos outros.

Share:

3 Comments

  1. Outubro, 2015 / 2:50 pm

    quando comecei os "treinos" pensava muito nisso. dois casais amigos muuuuito próximos tinham tido problemas e estavam já em tratamentos para ultrapassar a infertilidade. só a palavra assusta. felizmente engravidei logo no início das tentativas e o fantasma passou. para teres uma ideia, a primeira coisa de jeito que o pai da criança disse quando soube da novidade foi "nós funcionamos". uma força especial para todos os casais que têm que se superar todos os dias em busca desse bem maior que é a parentalidade. um beijo, querida marta.

    • Outubro, 2015 / 11:03 am

      Que bom! Excelentes noticias. É mesmo verdade. Tomamos como certas algumas coisas na nossa vida e temos que ter consciencia (também não é sofrer por antecipação) de que por vezes o destino demora um bocadinho mais a concretizar-se. Tudo é uma caminhada e só temos que pensar em não desistir e acreditar, com pensamentos positivos, que tudo acontecerá na altura certa. Muitas, muitas felicidades! Beijinhos gigantes e obrigada pela partilha!!!

  2. Outubro, 2015 / 1:43 pm

    A nossa "caminhada" para ter o Tiago não foi nada longa, comparada com tantos casos de infertilidade que conheço. Mas envolveu muitas consultas, exames, muitas picadelas, ecografias e duas inseminações até vir o meu "escocês" número 1. O que mais assusta quando entras no mundo da infertilidade é não saber se o teu caso é um daqueles em que, com um pouco de ajuda médica, se resolve ou se é dos outros. Isso assusta muito. No meu caso, o que queria era ter um plano, era estar acompanhada por especialistas e saber o que tinha de saber. Não vale a pena stressar cedo de mais mas também não se deve adiar e protelar a ida a um obstetra especialista em infertilidade.Depois, engravidei naturalmente duas vezes: a primeira perdi, mas da segunda veio o "escocês" número dois :D.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.