Há próteses para tudo!

Olé!
Esta notícia apareceu agorinha mesmo na Visão e não poderia deixar de partilhar convosco.
Por onde começar…

Um avião foi forçado a aterrar de emergência depois de uma passageira atirar prótese da perna à tripulação. E é isto.

Diz que a passageira, de 48 anos, ficou em choque quando a tripulação a informou que não poderia fumar a bordo (nãoooooooooooo! A sério!?) e, ainda mais, quando lhe disseram que não poderia sair do avião a meio do voo, saltando de paraquedas.

A história ganha contornos ainda mais bizarros quando o avião, que fazia a ligação entre Endidha, na Tunísia, e Edimburgo, Escócia, foi desviado para o aeroporto de Gatwick, em Londres, onde a mulher foi detida, porque para além da prótese da perna, a atirou comida à tripulação, enquanto proferia impropérios.

Só tenho a dizer que a sorte (ou o azar) desta tripulação foi não ter estado no avião neste momento. Como todos sabem eu tenho P.A.N.I.C.O de voar e tudo aquilo que me impedisse de ter um voo minimamente normal ou de cumprir uma rota eu virava bicho. Não sei porque é que não lhe amarraram ao banco e lhe deram com a própria perna no focinho. Como assim?!!?

Acho mesmo que esta pessoa estava criopreservada nos anos 80, quando ainda era possível acender o cigarrinho no avião, e decidiu voar passados 20 anos. Correu mal!

(Acabei de relatar isto à minha amiga M e ela disse-me logo: adoro que nos relatos fiques bélica, mas na realidade és sempre o Ministério dos Negócios Estrangeiros. Ahahahah! Melhor definição EVER! Love u*)

XoM

Seguir:
Marta Neves
Marta Neves

Encontrei no universo feminino a minha missão: partilhar, aprender e ajudar. Nasceu o Marta Neves, para me sentir mais eu, mais em sintonia com a minha essência. Despida de formalismos ou preconceitos, serei EU. A mulher. Apaixonada de coração pela vida e pelos outros.

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.