Happy B-Day! Beyoncé Day!!!

Happy B-Day! Beyoncé Day!!!
Happy B-Day! Beyoncé Day!!!

04-09-Beyonce-Musa-Day! Quem me dera chegar aos 34 anos assim! Ppppfffffffff!!! É muita amzingness junta numa só pessoa. Ai ai… inveja branca…

Vocês sabem que eu sou louquinha pela Beyoncé! Se aprendi a dançar com o Micheal Jackson, foi com a Beyoncé que soube como é que eu queria dançar. Fui a todos os concertos que a Beyoncé deu em Portugal. True story.

Não, ela não é a mais espectacular vocalista do mundo, não tem o melhor aparelho vocal, nem consegue os ad-libs que muitas divas da soul conseguem, mas ela é a maior e a melhor ARTISTA do planeta. Venha quem quiser! Ela consegue a cada álbum reinventar-se. É super feminina. Dança da forma como gosto. É fearless, é flawless, é a D.I.V.A das divas. Consegue sempre romper com aquilo que esperaríamos dela. Quando achamos que nada mais pode ser inventado, ela vem e POW dá-nos com mais um hit in tha face!
Mas ela é mais do que isso, ela é um modelo feminino, é uma iconoclasta inspiradora, empreendedora. Dá-nos força e orgulho.

Não podendo apagar as velas contigo, amiga-B, que estou de vacances e não dá muito jeito agora apanhar o jacto só para ir aí apagar as velas, desejo-te o melhor do mundo nesse reino de feminilidade e criatividade boa pu’demais. Continua a deslumbrar-nos e a querer ser como tu. Vá, só um bocadinho.
Em jeito de presente de aniversário, deixo aqui o compêndio de alguns dos meus videos preferidos, aqueles em que eu sonhei muitoooooooo estar ali em palco com ela! Que coreografias são estas, senhores?!?!

Who run’s the world? Ppppppffffff… Beyonce!!! Não há dúvidas! E vocês? Qual é a vossa música ou video preferido?

PS: Acho que qualquer mulher era muito mais feliz se andasse com uma ventoinha a apontar ao focinho para criar um ambience mais sexy-boom-boom-pow como a Queen-B. Fica a dica!

PS2: Quero uma barra de chão! Urgente!

Seguir:
Marta Neves
Marta Neves

Encontrei no universo feminino a minha missão: partilhar, aprender e ajudar. Nasceu o Marta Neves, para me sentir mais eu, mais em sintonia com a minha essência. Despida de formalismos ou preconceitos, serei EU. A mulher. Apaixonada de coração pela vida e pelos outros.

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.