Crónica “New in Town”: “By The Wine, uma ode ao vinho da minha terra”

Crónica “New in Town”: “By The Wine, uma ode ao vinho da minha terra”
Crónica "New in Town": "By The Wine, uma ode ao vinho da minha terra"

Quando ouvi falar deste projecto já sabia que tinha que escrever uma crónica sobre ele — um espaço que reúne na minha cidade de adopção os vinhos e sabores da minha região de coração merece destaque, título, subtítulo, legendas, grafismos, sublinhados, textos e muitas palavras bonitas.

Ora atentem a esta decadência gastronómica:

Há pão caseiro algarvio (feito na hora), presunto ibérico de Bellota e embutidos de Guijuelo (Salamanca). Tábuas de queijos, ostras do Sado, salada de mexilhão, ceviche de salmão e sobremesas para acompanhar os Moscatéis de Setúbal.

O que é que todas estas coisas têm em comum?! Acompanham bem com vinhos de Setúbal e de Azeitão, com a chancela da família vinícola José Maria da Fonseca.

Se não sabem, ficam a saber que abriu no 41-43 da Rua das Flores, em pleno Chiado, no coração de Lisboa, a primeira flagship store (que chique) da marca José Maria da Fonseca na capital. Chama-se By the Wine — José Maria da Fonseca e é a materialização de um conceito que andava na cabeça dos produtores da marca há muito tempo.

Se são daqueles que só conhecem a Piriquita (salvo seja) este novo espaço é ideal para vocês! Aberta de terça a domingo, das 12h às 24h, a loja, que tem no tecto mais de 3.200 garrafas (um desafio arquitectural, imagino!), afirma-se como uma experiência gastronómica completa, aliando a promoção exclusiva das marcas e dos valores de um dos maiores produtores de vinhos nacional.

Este espaço é o elogio de Ricardo Santos à herança de José Maria da Fonseca. A história conta-se à mesa com oferta de todo o portefólio da família vinícola. O By The Wine funciona também como Winebar, com possibilidade de consumo de toda a gama a copo, assim como petiscos e tapas. E para fugir ao very tipical é possível apostar na experiência mais completa e adicionar à carta vários carpaccios e ostras, que casam na perfeição com os vinhos José Maria da Fonseca.

O conceito passa por converter os portugueses e estrangeiros às maravilhas de estar sentado numa “barra”(mesa corrida muito grande, cujo conceito está muito na moda) que convida à interacção e à descontracção pretendidas, de quem passa lá antes de ir jantar fora ou quando sai do trabalho e não quer ir logo para casa. A ideia é partilhar mesa, meter conversa e desfrutar de um copo de vinho como um belo interlúdio para o que há-de-vir. E não é por ser “gente da minha terra”, mas acredito que o By The Wine vai potenciar o ambiente de movida entre os autóctones e os que apenas nos conhecem de visita. Querem melhor cartão-postal que este? 

Seguir:
Marta Neves
Marta Neves

Encontrei no universo feminino a minha missão: partilhar, aprender e ajudar. Nasceu o Marta Neves, para me sentir mais eu, mais em sintonia com a minha essência. Despida de formalismos ou preconceitos, serei EU. A mulher. Apaixonada de coração pela vida e pelos outros.

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.